Pular para o conteúdo

Fenerj 2018 tem história e inovação

A Praça da Rodoviária de Limoeiro do Norte estava repleta de pessoas que passavam por expositores da Fenerj 2018 e conferiam seus produtos, paravam para prestigiar personalidades importantes para a região, observavam atenciosamente a degustação de petiscos e outras que apreciavam produtos da terra.

Inovação em energia

Dentre os expositores da Feira, Jorge, da CTA Energia Solar conta que através de uma consultoria do Sebrae no Ceará, tomou conhecimento da oportunidade de participar da Fenerj 2018. A empresa tem sede na cidade e atende o Vale do Jaguaribe há dois anos e já possuem 50 projetos implantados. Ele reforça que a participação ““superou toda as expectativas em relação a quantidade de público e a visita dos empresários, das pessoas ao stand para conhecer a tecnologia e o produto.” Além disso, na semana seguinte ao evento estarão em Limoeiro do Norte para realizar atendimentos agendados durante o evento, trazendo novas possibilidades de energia para a população.

Agricultura Familiar

A Fenerj 2018 montou um espaço dedicado à agricultura familiar. Stands em formato de casinhas ofereciam comidas típicas, artesanato e alimentos típicos da região. A música característica preenchia o ambiente, era um forró raiz à base de sanfona, viola e triângulo. A importância desse ponto é a tradicionalidade da atividade e a forma inovadora que a tem mantido como parcela decisiva no desenvolvimento da região.

 

 

Entre as histórias que representam essa inovação na agricultura, está a da Optar Orgânicos, um grupo de produtores orgânicos organizado desde 2010 com o apoio do Sebrae no Ceará e tem ainda hoje, através de consultorias técnicas do Sebraetec. Hoje, são mais de 20 sócios que visam ampliar as áreas e impulsionar o consumo de alimentos orgânicos com formas seguras e legais de produção. Com sede em Russas, começaram a plantar mudas de acerola em 2011 que no último ano renderam 28 toneladas vendidas para compradores da França e geraram milhões em lucro.

Cacau do Ceará

Um passo também importante de inovação no Vale do Jaguaribe foi a plantação de cacau. Mariana, Coordenadora do Curso de Tecnologia em Alimentos do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e Jurada no Festival Gastronômico,  descreve a história do projeto que está no Vale há 9 anos e, inicialmente, foi uma tentativa da CEPLAC (Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira) em localizar novos locais de plantio onde pragas como vassoura-de-bruxa não atingissem.

De 16 territórios testados, 4 tiveram produtividade. Diógenes Abrantes de Tabuleiro junto a João Teixeira, procuraram a consultoria do Instituto para produção do chocolate e o Sebrae no Ceará para apoio ao desenvolvimento do projeto e gestão, porque identificaram que “cacau é ouro e pode-se ganhar 250% do que se produz utilizando do fermentamento”, ela relata. Em poucos meses, espera-se que a população da região esteja consumindo chocolate produzido localmente em uma mini usina recém conquistada pelo grupo. Contudo, este tem sido um novo passo para a gastronomia local.

 

Festival Gastronômico

Uma novidade e forma de reforçar a cultura gastronômica em novos formatos na região foi, na Fenerj 2018, a realização do I Festival Gastronômico – Categoria Boteco. O propósito do Festival é incentivar empreendedores da região a buscarem melhorias na qualidade da produção de seus pratos e fortalecer a gastronomia local.

Empresas do segmento inovaram em petiscos a serem degustados e analisados por uma banca de personalidades relacionadas a área. A empresa Hey! Burguer conquistou o primeiro lugar, seguido pelo Butiquim Vinte09 e depois Boteco do Magão.

30 anos de Sebrae no Vale do Jaguaribe

O encerramento da Fenerj 2018 contou com a participação do Superintendente do Sebrae no Ceará, Joaquim Cartaxo, presente durante toda solenidade e que em fala de abertura homenageou as Micro e Pequenas Empresas em seu dia nacional e destacou o potencial da Feira como uma das maiores do Ceará. Contudo, a razão do encontro era clara: 30 anos de história do Sebrae no Ceará atuando no Vale do Jaguaribe. Personalidades da região representando grupos e instituições fundamentais para a realização de tantas ações benéficas para a região foram prestigiadas pelo Escritório Regional Jaguaribe e Prefeitura de Limoeiro do Norte, nas pessoas de Wandrey Pires e Zé Maria, respectivamente.

Por final, o evento bem visitado e de muitos resultados positivos confirmou a história de sucesso do Sebrae no Ceará até aqui. A expectativa de quem participou do evento, seja como expositor, visitante ou organizador, é de que a próxima edição traga com mais vigor a inovação explorada na Fenerj 2018 e a representatividade do Vale do Jaguaribe no Estado.